open
¿Cómo puede usarse internet para mejorar la vida de las personas? APC envía artículos, recursos e información sobre nuestro trabajo dos veces por mes.

Otro mundo en línea es posible pero solamente si los gobiernos y la sociedad civil trabajan de la mano

No votes yet

By RITS

GINEBRA, SUIZA, 23 December 2003

Carlos Afonso, Director de Desarrollo Tecnológico de RITS (Rede de Informações para o Terceiro Setor – Red de Informaciones para el Tercer Sector), miembro de APC en Brasil, dejó en claro a los delegados de los gobiernos en su discurso a nombre de la sociedad civil en la Sesión Plenaria de la Manual de APC sobre políticas de TIC e Informe Anual de APC 2005.">CMSI, que la inclusión digital será posible solamente con el The American Heritage Dictionaries on Answers.com ">apoyo

decisivo de una política pública nacional, en alianza con la sociedad civil. En portugués.

"Senhoras e senhores,

Muito obrigado por esta oportunidade. Eu sou diretor da Rede de Informações para o Terceiro Setor, a RITS, uma organização não-governamental brasileira dedicada à inclusão digital em meu país. Eu gostaria de começar lembrando a realização de três edições do Fórum Social Mundial na cidade de Porto Alegre, no Brasil. O Fórum Social Mundial, nos últimos três anos, reuniu milhares de representantes de organizações da sociedade civil de dezenas de países procurando mostrar – e trabalhando para mostrar – que um outro mundo é possível. Um mundo de igualdade de oportunidades, de solidariedade, de justiça social, de participação, de liberdade de expressão e de respeito aos direitos humanos. É curioso, e ao mesmo tempo perturbador, ver que nenhuma nação-membro das Nações Unidas propõe o descarte formal da Declaração Universal dos Direitos Humanos. Ao mesmo tempo, a maioria dos governos destas nações sistematicamente viola estes mesmos direitos, incluindo os governos das mais poderosas nações do planeta – um retrato simbólico de uma certa hipocrisia de alguns fóruns internacionais.

No entanto, nós acreditamos que um outro mundo é possível, a começar com uma nova relação entre os governos e suas sociedades civis. Uma relação de real parceria e de confiança mútua. No nosso país, o Brasil, nós temos tido a oportunidade de experimentar, no campo das Tecnologias da Informação e Comunicação, parcerias efetivas para a inclusão digital, que procuram combinar políticas públicas de estímulo ao acesso universal com ações de inclusão digital, geridas pelas próprias comunidades. Acreditamos que a inclusão digital em nosso país e em qualquer outra nação só será possível com o apoio decisivo de uma política pública nacional, em parceria com a sociedade civil. Em especial, em nosso país, uma nação de 170 milhões de habitantes, com 8,5 milhões de Km2 , que ainda vive uma situação de grande concentração de riqueza nas mãos de muito poucos e de injustiça social para a grande maioria. Foram resultados dessa parceria entre o "gobierno" en este glosario. Cuando se hace referencia a un Estado en particular, se usa “E” mayúscula. Por el contrario, se usa “e” minúscula al referirse a los estados del mundo, sin mencionar alguno en particular.

Fuente: Wikipedia ">Estado

e a sociedade civil em todo o país que contribuíram, por exemplo, para uma política pública que garantiu o tratamento de vítimas da Aids através de uma estratégia de produção maciça de medicamentos genéricos contornando patentes e os interesses das empresas transnacionais de medicamentos.

Queremos dizer que uma nova Internet é possível, com as políticas nacionais efetivas de inclusão digital, que acompanhem processos efetivos de inclusão social, econômica e política, com liberdade de expressão e de comunicação. Com uma governança em todos os níveis que tenha efetiva participação de todos os grupos de interesse – tanto no âmbito da atual coordenação da ICANN, como na governança regional da Internet, e em cada país. A Internet como um todo deve ser considerada um bem público, e não pode ser entregue ao interesse financeiro de uma empresa de telecomunicações ou uma empresa de administração de nomes de domínio. Uma outra governança também é possível.

Por fim, eu gostaria de dizer que uma nova Cúpula da Sociedade da Informação é possível, em que a Declaração da Sociedade Civil, elaborada em um amplo, cuidadoso, intenso e democrático processo de discussão ao longo de pelo menos dois anos, com a participação de milhares de organizações de muitos países do mundo, seja integrada aos documentos oficiais. Tenho a confiança e a esperança que, assim como um novo mundo é possível, também uma nova Cúpula será possível – e vamos construí-la daqui até 2005, na Tunísia. Muito obrigado."

-- Carlos Afonso é diretor de planejamento da RITS – Rede de Informações para o Terceiro Setor.

Este texto é a transcrição do discurso feito em 12 de dezembro de 2003, na Plenária da Cúpula Mundial sobre a Sociedade da Informação, em Genebra.

Autor: --- (RITS)
Contacto:
Fuente: RITS
Fecha: 23/12/2003
Localidad: GINEBRA, Suiza
Categoría: Democratización de la comunicación

(FIN/2003)

Registrarse en APC.org